VISITAS!

CURTA O MUNDO REAL 21 NO FACEBOOK

MUNDO REAL 21 - ÚLTIMAS NOTÍCIAS

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!
NO ARMAZÉM PARAÍBA DE TIANGUÁ!

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET
REDENET TIANGUÁ - (88)3671-1144/9-9739-8777/9-9428-2616

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Brrrrrrrrrr! CONHEÇA 7 LUGARES HABITÁVEIS EXTREMAMENTE FRIOS

Fonte da imagem: Reprodução/Daily Mail

A temperatura vem mudando com o passar dos anos, mas parece que alguns lugares nunca deixarão de ser frios. Talvez esse seja o caso dos destinos que você confere nessa lista. Trata-se de cidades extremamente frias, mas que, apesar do clima nada favorável, contam com uma pequena população que convive regularmente com ventos congelantes, fortes nevascas e muito gelo.

De acordo com o site MNN, que é o responsável pela lista, a temperatura mais baixa registrada em todo o mundo foi de -89,2 °C em uma estação de pesquisa russa em Vostok, na Antártica, em 21 de julho de 1983. Nenhuma das cidades que você verá abaixo conta com uma temperatura tão extrema, mas certamente faz um clima frio o suficiente para que você não tenha a menor vontade de sair de casa.

1) Verkhoyansk, Rússia
Entrada da cidade de Verkhoyansk.Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia Commons

De acordo com o censo de 2002, a cidade de Verkhoyansk tem 1.434 moradores que vivem em uma área de floresta selvagem da Sibéria. Originalmente, o lugar foi fundado como um forte em 1638 e serviu como área de criação de gado e mineração de ouro e estanho. Localizada a 650 quilômetros de Yakutsk – outro lugar extremamente frio que aparece nesta lista – e a 2.414 quilômetros ao sul do Polo Norte, a cidade de Verkhoyansk foi usada como exílio político entre a década de 1860 até o começo do século 20.

Em janeiro, a temperatura média é de -45 °C, sendo que de outubro a abril – que é o período mais frio do ano – os termômetros costumam registrar números negativos. O recorde foi em 1892, quando os moradores se deparam com um frio de -67,8 °C. Para driblar o clima, os habitantes usam camadas e mais camadas de casacos e chapéus de pele e costumam ficam em casa nos dias extremamente frios.

2) Oymyakon, Rússia
Monumento marca o recorde da temperatura mais baixa já registrada na região. Fonte da imagem: Reprodução/Daily Mail

Mesmo sendo um pouquinho mais quente do que a cidade anterior, Oymyakon conta com uma população menor, entre 500 e 800 moradores. O recorde de temperatura aqui também foi de -67,8 °C, mas ele foi registrado somente em 6 de fevereiro de 1933. Uma curiosidade interessante é que as escolas locais ficam abertas somente até os termômetros marcarem -46,7 °C, se cair um pouco mais, as aulas são suspensas.

Contraditoriamente, o nome da cidade vem de uma fonte termal localizada na região e que é escavada sob o gelo pelos moradores durante o inverno. O conselho de turismo promove a cidade como o destino perfeito para turistas que gostam de aventuras extremas.

3) International Falls, Estados Unidos
Fonte da imagem: Reprodução/IFalls Chamber

Para não ficarmos com a sensação de que os lugares mais frios do mundo estão todos na Rússia, eis um destino em Minnesota, nos Estados Unidos. De fato, a cidade não chega a ser tão fria quanto Verkhoyansk ou Oymyakon, mas ainda é uma das mais geladas da América do Norte.

Localizado na fronteira dos Estados Unidos com o Canadá, o destino conta com 6.703 habitantes de acordo com o censo realizado em 2000. Os invernos são longos e gelados, com uma temperatura média de -16,2 °C. A população costuma ter que passar cerca de 60 noites por ano com temperaturas negativas. Outro ponto alto da cidade é a neve, que chega a marcar 1,66 metros de altura anualmente.

4) Hell, Noruega
Fonte da imagem: Reprodução/Shutterstock

Tirando a ironia do nome (já que hell significa “inferno” e esse deve ser um lugar extremamente quente), Hell é um dos destinos mais frios da Noruega e costuma fazer sucesso com os turistas que tiram fotos na placa de entrada da cidade para comprovar a contradição.

Com um clima subártico, a média da temperatura registrada em fevereiro de 2010 foi de -6,7°C. A cidade passa cerca de um terço do ano sob o gelo, o que costuma acontecer entre dezembro e março.

5) Fraser, Estados Unidos
Vista da estação de ski em Fraser.Fonte da imagem: Reprodução/Winter Park

A mais de 2,5 mil metros de altura, a cidade de Fraser fica na região de Rocky Mountains, no Colorado, e é o lar de 910 moradores, segundo o censo de 2000. Para aproveitar o clima frio, uma das atrações locais é a estação de ski Winter Park. A temperatura média anual fica em torno de 0 °C.

Curiosamente, Fraser e International Falls disputam o título de cidade mais fria dos Estados Unidos. Embora o inverno realmente seja mais gelado em International Falls, a média anual é mais baixa em Fraser. Disputa acirrada!

6) Yakutsk, Rússia
Fonte da imagem: Reprodução/Yakutsk

Yakutsk é dona do título de cidade mais fria do mundo. Depois do recorde ocorrido na Antártica, a menor temperatura do mundo foi registrada na bacia do rio Yana, próximo a Yakutsk. Durante o ano, os termômetros começam a despencar em setembro e só voltam a subir em maio. A temperatura média em janeiro é de -36,7 °C, sendo que o recorde do mês foi de impressionantes -63 °C.

A cidade tem uma população de 200 mil habitantes que vivem basicamente da indústria da mineração. Além disso, Yakutsk conta com diversas atrações culturais como teatros, museus e até mesmo um zoológico. Uma curiosidade é que, quando os caminhões da região precisam ir aos vilarejos mais próximos em busca de suprimentos, os motoristas chegam a deixar o motor dos veículos ligados por cerca de duas semanas, que costuma ser a duração da viagem.

7) Barrow, Alasca
Estação meteorológica em Barrow, no Alasca.Fonte da imagem: Reprodução/Flickr

A poucos mais de dois mil quilômetros do Polo Norte e 514 quilômetros do Círculo Polar Ártico fica Barrow, a cidade mais ao norte dos Estados Unidos. O lugar está permanentemente congelado e o sol que se põe em novembro só volta a aparecer no final de janeiro. Mesmo durante o verão, as temperaturas não aumentam muito, a média para julho – o mês mais quente do ano – é de 4,7 °C.

Barrow é o centro econômico da Encosta Norte do Alasca e sua população trabalha basicamente na indústria elétrica. Para chegar à cidade, é preciso recorrer a meios de transporte aéreos ou marítimos.

AUTOR: MNN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE

Todos os comentários postados neste Blog passam por moderação. Por este critério, os comentários podem ser liberados, bloqueados ou excluídos. O MUNDO REAL 21 descartará automaticamente os textos recebidos que contenham ataques pessoais, difamação, calúnia, ameaça, discriminação e demais crimes previstos em lei. GUGU

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ME SIGA NO TWITTER!