VISITAS!

CURTA O MUNDO REAL 21 NO FACEBOOK

MUNDO REAL 21 - ÚLTIMAS NOTÍCIAS

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!
NO ARMAZÉM PARAÍBA DE TIANGUÁ!

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET
REDENET TIANGUÁ - (88)3671-1144/9-9739-8777/9-9428-2616

domingo, 19 de janeiro de 2014

O RAPTO DE CHARLES CHAPLIN

Ao contrário das expectativas iniciais dos Irmãos Lumière, o cinema se tornou uma das principais mídias do mundo. Graças ao talento de verdadeiros gênios dedicados ao gênero, ele passou de mero entretenimento, para status de Sétima Arte.
Entre os maiores, senão o maior, encontra-se Sir Charles “Charlie” Spencer Chaplin. Nascido nos subúrbios da capital inglesa, no dia 16 de abril de 1889, proveniente de uma família de artistas pobres, ainda criança viu sua mãe ser internada em um manicômio. Morou em orfanatos e nas ruas imundas de Londres. Iniciou sua carreira artística na Inglaterra. Migrou para os Estados Unidos. Dirigiu seus próprios filmes e conquistou o mundo. Artista ímpar, dominava como poucos a sua arte. Era roteirista, diretor, compositor, dançarino e, claro, ator. Mestre que fazia o mundo rir e chorar sem pronunciar uma única palavra.

Depois de “expulso” da América, Chaplin passou a viver na Suíça. Lá, isolou-se do mundo exterior. Recebia poucos amigos em sua mansão, em Corsei-sur- Vevey. Numa fria madrugada de natal, no ano de 1977, Carlitos morreu em sua casa dormindo vítima de derrame cerebral, aos 88 anos. Ao seu lado, a esposa Oona O’Neil e oito dos seu dez filhos. É sepultado no dia 27 de dezembro.

Mas dono de uma vida atribulada, sua odisseia estava fadada a continuar no pós-morte. Para assombro do mundo, a polícia suíça noticia que o túmulo do artista havia sido violado, e seus restos mortais furtados, no dia 1 de março de 1978, praticamente dois meses após o seu sepultamento. Inicialmente, as autoridades atribuíram o suposto atentado a grupos neonazistas, alegando que seria uma suposta retaliação pelo filme O Grande Ditador, de 1940.
Sob o olhar atento do mundo todo, as autoridades prometeram empenho e consideraram uma questão de honra solucionar o caso. Algum tempo depois, dois homens entraram em contato com a viúva de Chaplin e exigiram o equivalente à R$ 11 milhões de reais para devolver o corpo. 

Oona se recusou a negociar com os “sequestradores”. Cerca de onze semanas após o rapto, a polícia prendeu os dois envolvidos e recuperou os restos mortais de Charles Chaplin. Eles estavam escondidos em um campo de trigo, a menos de quarenta quilômetros do cemitério de Vevey. No dia 11 de dezembro do mesmo ano, os dois homens, refugiados do leste europeu, foram considerados dementes pela justiça suíça e condenados à internamento em um manicômio.
De volta a sua sepultura, Chaplin descansa agora sob uma tampa de concreto com 1,8m de espessura, feita especialmente para garantir o seu merecido descanso. E você leitor, já pensou em comprar um souvenir destes, de um grande astro do cinema?
AUTOR: MISTÉRIOS DO MUNDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE

Todos os comentários postados neste Blog passam por moderação. Por este critério, os comentários podem ser liberados, bloqueados ou excluídos. O MUNDO REAL 21 descartará automaticamente os textos recebidos que contenham ataques pessoais, difamação, calúnia, ameaça, discriminação e demais crimes previstos em lei. GUGU

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ME SIGA NO TWITTER!