VISITAS!

CURTA O MUNDO REAL 21 NO FACEBOOK

MUNDO REAL 21 - ÚLTIMAS NOTÍCIAS

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!
NO ARMAZÉM PARAÍBA DE TIANGUÁ!

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET
REDENET TIANGUÁ - (88)3671-1144/9-9739-8777/9-9428-2616

sábado, 16 de abril de 2016

6 HISTÓRIAS 'REAIS' DE VAMPIROS QUE ASSOMBRAM O MUNDO

Bem, todo mundo sabe que os vampiros nada mais são do que personagens da ficção. Mas é melhor corrigirmos essa frase! Afinal, quase todo mundo sabe disso!

Além das pessoas que se auto declaram como vampiras, existem aquelas que possuem manias e hábitos horripilantes que nos levam a relaciona-las com o ser em questão. Pensando nesse assombroso fato, nós aqui da Fatos fizemos uma compilação com os 6 casos mais assustadores e chocantes.

1- Elizabeth Bathory – A condessa que amava sangue
Elizabeth nasceu em 1560, e é conhecida até hoje por suas atípicas e assustadoras praticas. Considerada bela e perversa, Elizabeth possui em sua biografia uma série de problemas psicológicos, ela havia presenciado soldados violarem e matarem 3 de suas irmãs mais novas, tinha convulsões, e surtos de ira, mas a sua característica mais horripilante era o fato da moça realmente ser cruel e sádica.

Aos 15 anos se casou com Stefan de Bathory e ganhou ainda mais poder, visto que seu marido era o rei da Polônia. Registros revelam que ela torturava suas escravas e damas de companhia, em determinada ocasião ela chegou a abrir a mandíbula de uma de suas empregadas com tanta força, que os cantinhos da boca da moça se rascaram.

Além disso ela recrutava meninas e as matava para poder banhar-se em seu sangue. Elizabeth acreditava que essa era a fonte eterna da juventude. Estima-se que até janeiro de 1610, ela tenha assassinado 647 meninas.

2- Vlad o Empalador – Inspirou a lenda do Drácula
Vlad III era rei da Valáquia, mais conhecida como a atual Romênia, e se destacou principalmente por sua maldade. Para vocês terem uma boa noção, ele assassinou 1 quinto de toda a população de seu próprio país.

Vlad viveu no século XV, e segundo historiadores, ele possuía prazer em assistir as torturas, desmembramentos e empalações. Ele nasceu em 1428 na Transilvânia, e era o filho mais velho de Vlad Dracul, que significava dragão ou demônio em seu próprio idioma.

Um de seus mais famosos ataques, consistiu em organizar um luxuoso banquete e convidar todos os nobres e pertencentes da corte, a qual ele considerava como inimigos internos. Em meio ao banquete, seus soldados invadiram o salão, amarraram todos os ilustres convidados, os posicionaram com a barriga para baixo, e os empalaram com estacas, tal ato consiste em introduzir o objeto no ânus da vítima, até que ele saia literalmente pelo outro lado, geralmente pela boca.

Nesse ataque, algumas de suas vítimas chegaram a levar 3 dias para morrer. Além disso, ele também se alimentava do coração e sangue de seus principais inimigos.

3- Richard Trenton – O Vampiro de sacramento
Richard havia sido abusado quando criança pela sua própria mãe, e durante a sua adolescência sempre se demonstrou perturbado e problemático. Ele abusava de drogas, álcool e remédios. E começou a sua “carreira” de assassino e psicopata ainda jovem, quando matava pequenos animais e consumia os seus órgãos internos juntamente com Coca-Cola.

Depois de adulto, o rapaz chegou a matar 6 pessoas em um único mês. Richard foi apelidado de Vampiro de Sacramento, porque sempre bebia o sangue de suas vítimas e também canibalizava seus corpos. Ele chegou a ser preso e condenado á câmera de gás, mas cometeu suicídio na prisão.

4- Joshua Rudiger – Um vampiro de 2.000 anos de idade
Joshua possuía um longo histórico de doenças mentais, e ainda adolescente tentou cometer suicídio com uma espada samurai. Durante suas sessões de terapia, ele chegou a afirmar a sua terapeuta que ele era um vampiro de 2.000 anos de idade, e que iria se alimentar do sangue de quem estivesse ao seu redor.

Já adulto ele saiu pelas ruas de São Francisco cortando a garganta de pessoas desabrigadas, e se alimentando do sangue que tinha em sua frente. No total, ele assassinou 3 homens e uma mulher, e foi condenado apenas 23 anos de prisão, por causa de seus problemas psicológicos.

5- Caius Veiovis Domício – Se auto declarava Vampiro e satanista
Seu nome original é Roy Gutfinski Jr, mas ele mudou legalmente para Caius Veiovis Domìcio, além disso ele também realizou uma série de mudanças corporais.

Ele e sua namorada sequestraram uma garota, fizeram um corte profundo em seu corpo, que exigiu 30 pontos para ser fechado, e consumiram o seu sangue enquanto se beijavam. Além desse crime ele cometeu 3 assassinatos e atualmente está cumprindo três penas de prisão perpétua, sem chances de liberdade condicional.

6- Peter Kurten – O Vampiro de Dusseldorf
Em 1913, Peter cometeu 9 homicídios na Alemanha. E no geral ele cortava as suas gargantas e se alimentava do sangue de suas vítimas.

Ele chegou a narrar, que em determinada ocasião, ele havia bebido tanto sangue, que passou muito mal na sequência.

Além disso, ele também revelou que para ele beber o sangue de sua vítima era sexualmente excitante. Seu primeiro assassinato, foi o de uma menina de apenas 13 anos. Em seu julgamento ele tentou alegar insanidade, mas foi condenado e enforcado em 1931.

E então queridos leitores, podiam imaginar que existem pessoas assim na vida real? Comenta pra gente aqui em baixo nos comentários.

AUTOR (ES): listversetherichest
IMAGENS: lifedeathprizes, crimemagazine, meritocratia, timpul

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE

Todos os comentários postados neste Blog passam por moderação. Por este critério, os comentários podem ser liberados, bloqueados ou excluídos. O MUNDO REAL 21 descartará automaticamente os textos recebidos que contenham ataques pessoais, difamação, calúnia, ameaça, discriminação e demais crimes previstos em lei. GUGU

VEJA TAMBÉM Plugin for WordPress, Blogger...

ME SIGA NO TWITTER!