VISITAS!

CURTA O MUNDO REAL 21 NO FACEBOOK

MUNDO REAL 21 - ÚLTIMAS NOTÍCIAS

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!
NO ARMAZÉM PARAÍBA DE TIANGUÁ!

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET
REDENET TIANGUÁ - (88)3671-1144/9-9739-8777/9-9428-2616

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

8 COISAS QUE FORAM DESCOBERTAS NA COLEÇÃO DE FITAS CASSETE DE OSAMA BIN LADEN

Você sabe por que as fotos do corpo de Osama Bin Laden nunca foram divulgadas?

Osama Bin Laden foi apontado pelas autoridades americanas como o líder que orquestrou os ataques terroristas ao World Trade Center e foi caçado e morto em um ataque liderado pelo exército americano em Abbottabad, no Paquistão, em 2011.

Morando em Kandahar, em 1997, Bin Laden teve que abandonar a cidade, depois da invasão do Afeganistão por tropas lideradas pelos Estados Unidos, em 2001. E nessa desocupação, 1,5 mil fitas cassete foram encontradas em um prédio em frente ao Ministério das Relações Exteriores do Talebã, local onde figurões da Al-Qaeda se reuniam, que seriam a biblioteca em áudio da Al-Qaeda.

Elas foram direcionadas para o especialista em literatura e cultura árabe da Universidade da Califórnia Davis, Flagg Miller, para analisar e ouvir todo o material. As fitas datam áudios da década de 1960 a 2001 e mais de 200 pessoas aparecem falando, nas quais Osama Bin Laden está presente.

Confira algumas descobertas que foram feitas:

1 – O primeiro inimigo da Al-Qaeda
De acordo com as revelações de Miller, em entrevista ao portal G1, “o primeiro inimigo da Al-Qaeda na maioria dessas fitas, na maior parte do tempo, são líderes muçulmanos”.

2 – A referência ao 11 de Setembro
Miller conta que “há muita na fita e então Bin Laden aparece, e não há mais alegria. Ele fala sobre como celebrar é importante, mas não deve ofuscar assuntos mais sérios. Ela fala explicitamente sobre ‘um plano’ – sem revelar detalhes – e sobre como estamos próximos de ‘ouvir notícias’, e ele pede a Deus que ‘dê sucesso a nossos irmãos’. Entendo que ele se referia aos ataques de 11 de Setembro. Ele está falando especificamente sobre os EUA naquela conjuntura.”

3 – A imagem de Bin Laden
De acordo com o especialista em cultura árabe, Bin Laden queria se mostrar uma liderança de credibilidade, mas não era tão fácil como se pensava.

Ele conta que “Bin Laden queria criar a imagem de militante eficaz – trabalho nada fácil, porque ele era conhecido como um dândi, que usava botas de deserto de marca. Mas era muito sofisticado em sua autopropaganda, e as fitas são parte dessa história de construção do mito.”

4 – Bin Laden não acreditava em superstições
As pessoas sensitivas eram bastante populares no mundo árabe e no Oriente Médio. De acordo com o portal, “Embora sermões e discursos formem o grosso da coleção, também há curiosidades. Entre elas, uma conversa com um gênio – ou Jinni, em árabe – que tomou o corpo de um homem. Falando por meio dele, o gênio afirma que tem conhecimento de tramas políticas, embora afirme-se que Bin Laden não perdia tempo com superstições.”

5 – Hinos Islâmicos
O especialista também detectou horas de hinos islâmicos, que são músicas que narram batalhas e levam mensagem aos aspirantes a combatentes, os Mujahideen.

“Para muitos, esse era o caminho para a jihad – através do coração. Essas música tem um componente emocional, trazendo para os lares o som do combate sobre o qual muitos liam e viam na TV. Há algo íntimo em ouvi-los em fones de ouvido porque eles de fato tocam a sua imaginação.”

6 – Músicas francesas
Foram percebidas músicas pop com Gaston Ghrenassia, que usava o nome artístico de Enrico Macias. Ele era um judeu argelino que ficou muito famoso na França e Miller conta que “essa coleção de músicas francesas revela a extensão das línguas faladas pelos árabes-afegãos em Kandahar e suas muitas experiências no mundo.

Muitos haviam morado no Ocidente por longos períodos e pode-se até dizer que haviam levado múltiplas vidas. Essas músicas sugerem que alguém, em algum ponto da vida, gostava das músicas deste judeu argelino – e pode ter continuado a gostar, apesar dos ensinamentos que consideravam isso uma heresia.”

7 – Mahatma Gandhi era uma inspiração para Bin Laden
Bin Laden cita Mahatma Gandhi como uma de suas inspirações, em um de seus discursos em 1993. No discurso, Bin Laden solicita aos apoiadores que ajam contra os EUA boicotando seus produtos.

“Considerem o caso da Grã-Bretanha, um império tão vasto que alguns diziam que o sol nunca se punha. Foram obrigados a se retirar de uma de suas maiores colônias quando Gandhi, o hindu, declarou um boicote contra os seus produtos. Temos que fazer a mesma coisa hoje com os EUA.”

8 – O início do ódio aos EUA
Algumas fitas mostram que não há menção à violência contra os EUA até um certo período e que antes Bin Laden encoraja o público a escrever cartas para embaixadas americanas para conscientizar as autoridades americanas sobre o papel dos EUA no conflito do Oriente Médio.

Miller conta que “isso muda em 1996, dias após ele ser deportado do Sudão. Sob pressão dos EUA, ele perde sua cidadania da Arábia Saudita em 1994. Também havia perdido todo o seu dinheiro e estava quase esgotado emocionalmente. Então Bin Laden precisa criar algo desesperadamente para reanimar os seus simpatizantes extremistas, e isso é feito em seus discursos em Tora Bora em 1996.”

O que achou do conteúdo? Mande seu comentário!

AUTOR: G1
IMAGENS: arazao, bbc, globo, emaze, fatoscuriososdahistoria, libertar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE

Todos os comentários postados neste Blog passam por moderação. Por este critério, os comentários podem ser liberados, bloqueados ou excluídos. O MUNDO REAL 21 descartará automaticamente os textos recebidos que contenham ataques pessoais, difamação, calúnia, ameaça, discriminação e demais crimes previstos em lei. GUGU

VEJA TAMBÉM Plugin for WordPress, Blogger...

ME SIGA NO TWITTER!