VISITAS!

CURTA O MUNDO REAL 21 NO FACEBOOK

MUNDO REAL 21 - ÚLTIMAS NOTÍCIAS

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!
NO ARMAZÉM PARAÍBA DE TIANGUÁ!

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET
REDENET TIANGUÁ - (88)3671-1144/9-9739-8777/9-9428-2616

sábado, 8 de abril de 2017

VOCÊ PRECISA OLHAR PARA O CÉU E VER OS EVENTOS QUE ACONTECERÃO NESTE MÊS

O calendário do mês de abril está repleto de eventos para quem é apaixonado por ciência e astronomia. Durante as próximas semanas, vai ser possível perceber fenômenos como chuvas de estrelas, alguns planetas a olho nu ou a passagem de cometas. Isso porque a chegada do outono permite o acontecimento de eventos que só acontecem nessa época do ano.

Pensando nisso, decidi fazer uma compilação de eventos que você vai poder perceber nos céus durante o mês de abril.

Ao longo de todo o mês, é possível observar a movimentação de Júpiter entre as estrelas que compõem a constelação de Virgem. No início do mês, ele pode ser percebido por volta de 18h45, sendo que assim que o avançar dos dias faz com que ele apareça cada vez mais tarde. O planeta pode ser visto a olho nu ou com a ajuda de binóculos e telescópios.

Especialmente na noite do dia 7 de abril, o planeta vai estar em oposição ao Sol, com a Terra posicionada entre o gigante gasosos e a principal estrela de nosso sistema Solar. Por conta disso, será possível ver Júpiter próximo ao pôr-do-sol-, a partir de 18h39, e por toda a noite.

Outros astros
Na segunda metade da noite ainda será possível observar Saturno nos céus, nas proximidades das estrelas da constelação de Sagitário. Além disso, a mesma data registra atividade máxima da chuva de meteoros Virginídea de Abril. No entanto, a entre as fases de Quarto Crescente e Cheia pode prejudicar as observações no início do período noturno.

No dia 10 de abril, Júpiter volta a fazer uma importante aparição. Nessa data haverá um encontro do planeta com a Lua Cheia, durante a observação dos céus. Será possível perceber o encontro a partir do nascimento simultâneo dos astros no Leste, enquanto o Sol estiver se pondo no Oeste.

Passagem de cometa
Com um espaço de tempo de cerca de 5,4 anos, o cometa 41P/Tuttle-Giacobini-Kresak não pôde ser visto em 2011 por conta de sua posição. Porém, agora em 2017 o seu máximo brilho será percebido. Infelizmente, o objeto poderá ser visto com mais força no hemisfério norte. No hemisfério sul, por outro lado, o cometa de maior brilho de 2017 poderá apresentar dificuldades para quem tentar visualizá-lo.

Apesar da frustração pela dificuldade em enxergar o brilho do cometa, a presença de Júpiter nos céus será realmente marcante e imperdível. Dê uma olhada para cima na noite desta sexta-feira e conte para a gente como foi a sua experiência.

AUTOR (ES): Ceu Austral, Galeria do Meteorito, MS, Hipertextual
IMAGENS: Hipertextual, Reddit, We Shape Life

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE

Todos os comentários postados neste Blog passam por moderação. Por este critério, os comentários podem ser liberados, bloqueados ou excluídos. O MUNDO REAL 21 descartará automaticamente os textos recebidos que contenham ataques pessoais, difamação, calúnia, ameaça, discriminação e demais crimes previstos em lei. GUGU

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ME SIGA NO TWITTER!