VISITAS!

CURTA O MUNDO REAL 21 NO FACEBOOK

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!
NO ARMAZÉM PARAÍBA DE TIANGUÁ!

MUNDO REAL 21 - ÚLTIMAS NOTÍCIAS

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET
REDENET TIANGUÁ - (88)3671-1144/9-9739-8777/9-9428-2616

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

EXTRATERRESTRES E A ORIGEM DA VIDA NO PLANETA TERRA

GÊNESIS CAP. 1, V.26
Então Deus disse:”Façamos o homem a nossa imagem e semelhança. Que ele reine sobre os peixes, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos e sobre toda a terra, e sobre todos os répteis que se arrastam sobre a terra.
Mas precisamente foi há cerca de vinte bilhões de anos, segundo a teoria do Big-Bang, ocorreu a explosão que originaria o Universo. Por volta de 8 bilhões de anos após, dizem os cientistas, constituiu-se o nosso Sistema Solar. A Terra por seu turno, teria se formado a 4,6 bilhões de anos. Nesta fase o planeta apresentava apenas rochas fundidas, em resfriamento. Supostamente a um bilhão de anos após, as condensações de gases que ascenderam e precipitaram-se em chuvas ininterruptas, gerando nossos oceanos. 

Nessa ocasião, há cerca de 3,5 bilhões de anos, a Terra, já apresentava as condições necessárias para abrigar a vida mais elementar. Os primeiros aminoácidos provavelmente chegaram aqui através dos meteoros, e essas sementes de vida, ao encontrarem aqui condições propícias, teriam se desenvolvido, evoluindo, incorporando em suas estruturas elementos orgânicos terrestres. Aliás tese científica que encontra subsídios no “Livro dos Espíritos” mas precisamente na questão n.º 45. André Luiz complementa, no Cap. III, de sua magnífica obra “Evolução em Dois Mundos”:

“A imensa fornalha atômica estava habilitada a receber as sementes da vida e, sob o impulso dos Gênios Construtores, que operavam no orbe nascituro, vemos o seio da Terra recoberto de mares mornos, invadido por gigantesca massa viscosa a espraiar-se no colo da paisagem primitiva.Dessa geleia cósmica, verte o princípio inteligente, em suas primeiras manifestações...Trabalhadas no transcurso de milênios, pelos operários espirituais que lhes magnetizam os valores, permutando-os entre si, sob a ação do calor interno e do frio exterior, as mônadas celestes exprimem-se no mundo através da rede filamentosa do protoplasma de que se lhes derivaria a existência organizada do Globo constituído. Séculos de atividade silenciosa perpassam, sucessivos...”

Já as formas de vida mais complexas e elaboradas surgiram há apenas 500 milhões de anos, nos oceanos. Daí, os peixes, os anfíbios e os repteis, que habitaram a superfície sólida do planeta. Isto, há 360 milhões de anos. Os mamíferos, por sua vez, surgiram há 240 milhões de anos , e os primatas, há cerca de 40 milhões de anos. Nossos ancestrais datam de 3 milhões de anos, época em que já construíram ferramentas rudimentares. 

O Homo Hábilis, já considerado humano, data de 1,5 milhões de anos. Os cientistas apontam alguns paradoxos relativos a teoria da evolução nos últimos 300 milhões de anos, como os chamados saltos evolutivos, conveniência de tipos diferentes de humanóides, elementos faltantes no processo evolutivo. Para se entender o processo de formação do corpo material, é antes de tudo preciso entender o processo da evolução anímica que acontece com o espírito rumo a humanização e que leva na realidade alguns milhares de anos. Deixaremos aqui, as narrações dos autores espirituais que explicam detalhes sobre as intervenções ocorridas no corpo perispiritual, em trechos recortados de suas magníficas narrativas. 

Estas informações não deixam dúvidas sobre a origem e formação do corpo material do homem, enquanto encarnado no Terra ao mesmo tempo que explica o paradoxo dos chamados “saltos evolutivos”.
André Luiz, em “Evolução em Dois Mundos” nos esclarece;

Capítulo III - Elos Desconhecidos da Evolução

“O princípio divino...sofre constantes modificações nos dois planos em que se manifesta, razão pela qual variados elos da evolução fogem à pesquisa dos naturalistas, por representarem estágios da consciência fragmentária ora do campo carnal propriamente dito, nas regiões extrafísicas, em que a mesma consciência incompleta prossegue elaborando o seu veículo sutil, então classificado como proto forma humana, correspondente ao grau evolutivo em que se encontra”.

Evolução no Tempo

...Contudo, para alcançar a idade da razão, com o título de homem, dotado de raciocínio e discernimento, o ser, automatizado em seus impulsos, na romagem para o reino angélico, despendeu para chegar aos primórdios da época quaternária, em que a civilização, elementar do silex denuncia algum primor de técnica, nada mas de um bilhão e meio de anos.

Capítulo VI – Genealogia do Espírito

Com a supervisão Celeste, o princípio inteligente gastou, desde o vírus e as bactérias das primeiras horas do protoplasma na Terra, mais ou menos quinze milhões de séculos, a fim de que pudesse, como ser pensante, embora em fase embrionária da razão, lançar suas primeiras emissões de pensamento contínuo para os espaços Cósmicos.

Capítulo VII - Princípio Inteligente e Hereditariedade

“...Sabemos que os Arquitetos Espirituais, entrosados à supervisão Celeste, gastaram longos séculos preparando as células que serviram de base ao reino vegetal, combinando núcleo proteínas a glúcides e a outros elementos primordiais, a fim de que se estabelecesse um nível seguro de forças constantes, entre a bagagem do núcleo e do citoplasma”.

Capítulo X - Intervenções Espirituais

“É assim que, atingindo os alicéceres da Humanidade, o corpo espiritual do homem infra primitivo demora-se longo tempo em regiões espaciais próprias, sob a assistência dos instrutores do Espírito, recebendo intervenções sutis nos petrechos da fonação para que a palavra articulada pudesse assinalar novo ciclo de progresso”.Complementa André Luiz, “a laringe... sofre, nas mãos sabias dos Condutores Espirituais, à maneira de um órgão precioso entre os dedos de cirurgiões exímios no serviço de plástica, delicadas operações no curso dos séculos...”

Emmanuel em “A Caminho da Luz, cap. II”, escreve:

“Os artistas da espiritualidade edificavam o mundo das células iniciando, nos dias primeiros, a construção da formas organizadas e inteligentes dos séculos porvindouros”Ainda diz: “as forças espirituais que dirigem os fenômenos terrestres, sob a orientação do Cristo, estabeleceram, na época da grande maleabilidade dos elementos materiais, uma linhagem definitiva para todas as espécies, dentro das quais o princípio espiritual encontraria o processo de acrisolamento, em marcha para a racionalidade” Ainda escreve o autor que os ‘séculos correram “até que um dia as hostes do invisível operaram uma definitiva transição no corpo espiritual preexistente, dos homens primitivos, nas regiões siderais e em certos intervalos de suas encarnações. Surgem os primeiros selvagens de compleição melhorada, tendendo à elegância dos tempos do porvir”.
Praticamente da mesma forma e até mais claramente fala o Espírito Áureo em “Universo e Vida”, cap. IV”, escrevendo:

“Existem na espiritualidade grandes instituições, extremamente especializadas, em verdadeiras cidades espirituais, para onde são encaminhadas as mônadas, ou princípios espirituais, que, tendo atingido o máximo grau evolutível suscetível de ser obtido nos reinos inferiores da Natureza, fazem jus ao ingresso no reino das inteligências conscientes. Trata-se de portentosas organizações, sem qualquer similar entre as organizações terrestres, exclusivamente dedicadas às operações terrestres, exclusivamente dedicadas às operações de eclosão da luz da consciência, da auto-identidade, da razão, do livre arbítrio”..., “Onde os Princípios Espirituais são submetidos a tratamentos eletromagnéticos que ultrapassam o estágio atual da compreensão dos homens encarnados”.
Estas informações estão em consonância com aquelas mencionadas no “Livro dos Espíritos”, questão 607.

Do ponto de vista científico estas teorias não tem valor algum, porque não podem ser provadas por meio de experiências dos laboratórios humanos, embora seja uma hipótese lógica. A ciência espírita, todavia, demonstra o entrelaçamento existente entre a histogênese do corpo físico com a histogênese do corpo espiritual conhecido também pelo nome de perispírito. Ao que podemos entender tomando por base os relatos do Espírito André Luiz o biótipo humano foi concebido através de um processo milenar de experiências realizadas pelos Extraterrestres Arquitetos Maiores, sob a égide do Mestre Jesus ao longo dos séculos. 

A própria ontogênese revive a filogênese, provando-nos filosoficamente a evolução do princípio inteligente no planeta Terra. Porém nada desses fatos descritos pelos Espíritos não impediria que civilizações mais adiantadas extraterrestres de posse de uma tecnologia avançada pudessem ao longo desse processo milenar de manipulação genética-espiritual, empreender pesquisas no campo genético sobre esses próprios habitantes que viviam no planeta Terra naquelas épocas remotas.
Dessa maneira a Bíblia utiliza a expressão Elobim, que em outras línguas semitas, e ocasionalmente n próprio hebraico, essa palavra refletia o plural “deuses”, ainda assim Moisés o provável relator do pentateuco, coloca no plural a expressão “façamos”, atribuindo a responsabilidade da criação do homem aos “deuses” uma alusão direta aos Arquitetos do Universo, que operavam sobre a Égide de Jesus e responsáveis pelo desenvolvimento da vida na Terra.
Fonte: espiritismoeufologia

VEJA VÍDEO:

Fonte: Consciência Ecológica

AUTOR: UFOS ONLINE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE

Todos os comentários postados neste Blog passam por moderação. Por este critério, os comentários podem ser liberados, bloqueados ou excluídos. O MUNDO REAL 21 descartará automaticamente os textos recebidos que contenham ataques pessoais, difamação, calúnia, ameaça, discriminação e demais crimes previstos em lei. GUGU

VEJA TAMBÉM Plugin for WordPress, Blogger...

ME SIGA NO TWITTER!