VISITAS!

CURTA O MUNDO REAL 21 NO FACEBOOK

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!
NO ARMAZÉM PARAÍBA DE TIANGUÁ!

MUNDO REAL 21 - ÚLTIMAS NOTÍCIAS

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET
REDENET TIANGUÁ - (88)3671-1144/9-9739-8777/9-9428-2616

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

4 DETALHES INTRIGANTES DE CRIMES FAMOSOS QUE NINGUÉM CONSEGUE EXPLICAR

E quantas teorias de conspiração vocês já viram? Alguns crimes acontecem e nunca surge nenhuma solução, principalmente para assassinatos. E é exatamente nessa hora que aparecem várias teorias, como nos casos de Jack Estripador, por exemplo.

Pensando nisso, nós separamos para vocês alguns casos de crimes que tem alguns detalhes intrigantes, crimes famosos que tem alguns detalhes tão bizarros que é até difícil não serem tão divulgados assim. Então, caros amigos, confiram agora a nossa matéria com os 4 detalhes intrigantes de crimes famosos que ninguém consegue explicar:

1 – Uma conexão entre um papai noel e o assassinato de JonBenet Ramsey
Talvez o crime não solucionado mais sensacional na história moderna tenha sido o assassinato de JonBenet Ramsey. Ramsey era a rainha da beleza de apenas seis anos de idade, que foi morta em sua própria casa no Natal de 1996 e foi descoberta apenas no dia seguinte quando uma nota de pedido de resgate foi encontrada nas proximidades. Existem inúmeras teorias, que vão de um intruso assassino a seus pais, e ainda existe a teoria de que ela seja a famosa Katy Perry, mas essas são só teorias.

Mas existe um grande suspeito desse crime, que se chama Bill McReynolds. Na época, o homem fazia apresentações de papai noel, e ele chegou a fazer uma participação na festa de Natal de Ramsey três dias antes de sua morte, e deu a garota um cartão com o seguinte recado: “Você receberá um presente especial depois do Natal”. Na festa, Ramsey levou o tal papai noel para conhecer a sua casa, de modo que ele pode conhecer a casa perfeitamente. Até aí tudo bem, o fato é que 22 anos antes desse dia, a filha e uma amiga de McReynolds tinham sido sequestradas e molestadas, e o sequestrador nunca foi pego.

Bom, pelo seu passado o cara tinha tudo para ser culpado, certo? Ele conhecia a casa, poderia ter descoberto uma maneira de entrar sem deixar vestígios, mas com os testes de DNA, McReynolds não foi nem citado como suspeito, mas as acusações o perseguiram até o dia de sua morte no ano de 2002.

2 – Chris Benoit e sua página da Wikipedia
Carca de 14 horas antes das autoridades descobrirem os corpos do lutador Chris Benoit, da sua esposa e de seu filho, a sua página na Wikipedia já tinha as informações de que ele havia deixado de ir a uma luta por casa da morte da esposa. Benoit estrangulou sua mulher e filho e colocou bíblias ao lado dos corpos antes de se enforcar. Alguns investigadores tentaram descobrir o autor que colocou o texto na Wikipedia, e descobriram que a origem do IP registrado era da cidade de Stamford, onde fica baseada a World Wrestling Entertainment, a organizadora de torneios de luta livre que Benoit participava.

Mas será que Benoit queria ter em sua página da Wikipedia que ele não iria a uma luta por casa da morte de sua esposa? Ou será que teria mais uma pessoa envolvida no crime? Como alguém da WWE poderia saber que o crime estava prestes a acontecer? Na verdade, um cara estava modificando páginas de famosos da Wikipedia, e quando ele percebeu que a investigação sobre a mudança da página tinha começado, ele apresentou uma confissão anônima e pedido desculpas. Mesmo assim, os policiais, mesmo com a apreensão do computador do cara, não acharam nenhuma conexão com o crime. Acredita-se que ele possa ter visto alguma coisa nas salas de bate-papo da WWE, mas quem estaria espalhando essas coisas por aí? Isso ainda permanece como um grande mistério.

3 – Um assassino em série foi pego porque um dos seus inquilinos aleatoriamente deu carona para uma de suas vítimas
Um assassino em série de Dallas que matava prostitutas e removia o seus olhos usando um estilete. E o caso foi levado à justiça através de uma série de coincidências tão improváveis que parecia ter saído de um filme. Tudo começou quando dois policiais encontraram Veronica Rodriguez, uma prostituta que alegou ter sido atacada. Ela disse que foi resgatada por um motorista de um caminhão chamado Axton Schindler. A polícia foi atrás de Schindler, e verificou que seu endereço era na 1035 Eldorado Street. Meses depois, mais prostitutas foram encontradas mortas e sem olhos, e os policiais lembraram do caso de Rodriguez e ficaram se perguntando se o homem que a atacou era o mesmo.

Eles voltaram ao endereço de Schindler, e viram que ele tinha colocado um um endereço falso nos seus documentos. Na verdade, a casa era de Fred Albright, que estava morto. Mas foi aí que uma pessoa das proximidades ouviu a história e disse que o nome Albright era familiar. Ele se lembrou de um telefonema de semanas atrás com uma mulher anônima que disse que era amiga de uma das vítimas do assassino. Ela alegou que a vítima conhecia um homem chamado Charles Albright, que tinha uma estranha obsessão com olhos. Eles descobriram que Charles era o filho de Fred Albright, e tinha herdado a tal casa da 1035 Eldorado. Quando Rodriguez identificou Albright como o homem que a atacou, ele foi preso e condenado.

Mas qual era a conexão com o tal do Schindler? Absolutamente nenhuma! O que aconteceu é que Shindler alugava uma casa de Albright, e por algum motivo seu endereço era de outra casa de Albright. Complicado de entender o caso amigos? Bom, o que aconteceu é que Schindler deu carona para uma vítima de Albrigth, e por acaso ele usava um endereço falso do assassino, tudo isso por pura coincidência.

4 – Uma vítima de Jack Estripador diz a polícia o nome da próxima vítima do assassino
Em 29 de setembro de 1888, a polícia de Londres levou presa a prostituta Catherine Eddowes, e quando ele foi libertada, ela deu a polícia o nome falso de Mary Ann Kelly. Mas seria melhor que essa mulher tivesse passado a noite na cadeia, porque na hora de ir para casa, ela foi atacada e assassinada de forma tão brutal que os seus intestinos foram encontrados nos ombros. O problema é que, um mês depois, Jack Estripador assassinou uma mulher chamada Mary Jane Kelly, quase o mesmo nome dado por Catherine Eddowes.

Não havia nenhuma indicação de que as duas se conhecessem, o que fez com que aparecesse todo tipo de teoria sobre o assassino. Como poderia saber Jack Estripador que sua vítima teria dado o nome de outra pessoa, e mais tarde ela seria morta? Será que existia alguma conexão entre as mulheres e o assassino? Uma das explicações é que, como todas as prostituas costumam ter um nome fictício, Catherine teria inventado esse nome por pura coincidência. E esse é só mais um crime não resolvido que parece ter muitas coincidências.

E aí amigos, já conheciam todos esses casos? Comentem!

AUTOR: Cracked
IMAGENS: Embarque na Viagem, Pale Jacket, House of Wrestling, Fangoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE

Todos os comentários postados neste Blog passam por moderação. Por este critério, os comentários podem ser liberados, bloqueados ou excluídos. O MUNDO REAL 21 descartará automaticamente os textos recebidos que contenham ataques pessoais, difamação, calúnia, ameaça, discriminação e demais crimes previstos em lei. GUGU

VEJA TAMBÉM Plugin for WordPress, Blogger...

ME SIGA NO TWITTER!