VISITAS!

CURTA O MUNDO REAL 21 NO FACEBOOK

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!
NO ARMAZÉM PARAÍBA DE TIANGUÁ!

MUNDO REAL 21 - ÚLTIMAS NOTÍCIAS

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET
REDENET TIANGUÁ - (88)3671-1144/9-9739-8777/9-9428-2616

domingo, 23 de agosto de 2015

8 PESSOAS QUE FORAM ENCONTRADAS MORTAS, ANOS DEPOIS DE MORREREM

Se há uma certeza absoluta no universo, é a certeza da morte. 

Todos sabemos que uma hora ou outra, sem qualquer aviso, a gélida mão da Morte irá nos encontrar e nos levar. Tudo o que podemos fazer é aproveitar ao máximo nosso tempo aqui e esperar que nosso corpo seja velado pelos amigos e família e encontre o descanso eterno à sete palmos do chão. 

Infelizmente nem todos podem usufruir desse luxo. Imagine por exemplo, aquelas pessoas que acabaram se afastando demais da família, ou aquelas que sequer tem uma. Ou aquelas pessoas que decidiram viver a vida de eremitas, sozinhas no mundo. Seja qual for a razão, essa é a triste realidade de muitos seres humanos, que acabaram morrendo e seus corpos só foram descobertos muito tempo depois. 

A lista de hoje trás oito entre os mais chocante destes casos:

1. A MULHER CROATA - ENCONTRADA 42 ANOS DEPOIS DA MORTE
Hedviga Golik, que nasceu em 1924, aparentemente fez uma xícara de chá antes de se sentar em sua poltrona favorita em frente de sua TV em preto e branco. A polícia croata disse que ela foi vista pela última vez por vizinhos em 1966, quando ela tinha em torno de 42 anos de idade. Seus vizinhos pensaram que ela havia mudado de apartamento, por isso não se espantaram com o seu desaparecimento. 

No entanto, ela foi encontrada pela polícia e pelos oficiais de justiça mais de 40 anos mais tarde, quando resolveram investigar quem era dono do apartamento. Quando os oficiais foram até a casa de Hedviga, eles disseram que foi como entrar em um lugar congelado no tempo. Nada havia sido mexido por décadas, embora houvesse mais do que algumas teias de aranha por lá. A causa da morte não pode ser determinada por conta do estado avançado de decomposição do corpo.

2. A MULHER INGLESA - ENCONTRADA 3 ANOS DEPOIS DA MORTE
Em 25 de janeiro de 2006, funcionários de uma associação de habitação do norte de Londres foram até uma kitnet em Wood Green, com o intuito de retomar a casa por conta de vários aluguéis atrasados. O que encontraram foi o esqueleto de uma mulher de 38 anos, deitado no sofá da sala. 

A mulher havia morrido há quase 3 anos. Em um canto da sala a TV ainda estava ligada, sintonizada na BBC1, e uma pequena pilha de presentes de Natal fechados estavam no chão. Na cozinha, a pilha de pratos jazia embaixo de uma camada densa de poeira. 

A causa da morte não foi determinada, novamente devido ao estado de decomposição dos restos mortais, mas a polícia acredita que a mulher morreu de causas naturais.

3. A AUTORA MUMIFICADA - ENCONTRADA 1 ANO DEPOIS DA MORTE
Em maio de 2013, os restos mumificados de Barbara Salinas-Norman, autora, ativista e professora, foram encontrados dentro de sua casa em Santa Fe, Novo México. As autoridades e os membros da família de Barbara, que em vida tinha 70 anos, acreditam que seu corpo pode ter ficado por cerca de um ano na casa.

O corpo de Barbara foi descoberto por seu cunhado, Louis Ponce, que foi até a casa para visitar a mulher. Ele disse que foi por estar determinado a "encontrá-la, não importava como", já que faziam 2 anos que não se falavam. Quando Ponce entrou na casa, foi bombardeado por um odor descrito como "horrível", e assim, encontrou o corpo da cunhada.

4. O HOMEM NU - ENCONTRADO 2 ANOS DEPOIS DA MORTE
Simon Allen foi encontrado morto em seu apartamento dois anos depois de seu falecimento, em 2012. Seu corpo, que jazia deitado atrás de uma poltrona da sala de estar, vestindo nada mais do que um par de meias, só foi encontrado depois que faxineiros foram limpar a casa, que fica em Brighton, East Sussex.

A polícia disse que não havia circunstâncias suspeitas em torno da morte, e que era impossível confirmar a causa do falecimento.

5. A SOLITÁRIA - ENCONTRADA 3 ANOS DEPOIS DA MORTE
Em agosto de 2013, o corpo decomposto de Genebra Chambers foi descoberto em sua casa na Flórida por um paisagista. Assim que as investigações tiveram início, a polícia descobriu que Genebra preferia uma vida de solidão. Era uma daquelas senhoras amarguradas que reclamam de tudo e dizem aos vizinhos para sair de sua propriedade.

O chocante é que Genebra pode ter morrido em sua casa e seu corpo só foi encontrado 3 anos depois. De acordo com os documentos judiciais, avisos de encerramento dos serviços públicos (água, luz elétrica e gás) foram emitidos em 2009, e todos foram desligados em 2010.

Os vizinhos acreditavam que Genebra tinha abandonado a casa. No entanto, eles mantinham o gramado da casa aparado durante os últimos anos, sem saber que dentro do local, havia um corpo em decomposição.

6. O SUICIDA - ENCONTRADO 4 ANOS DEPOIS DA MORTE
Em 2012, um agente imobiliário de Milwaukee entrou em uma casa hipotecada depois que esta foi recuperada pelo governo, afim de avaliar a residência que iria a leilão, mas o que ele viu, jamais sairá de sua mente. Prontamente, a polícia foi chamada, e os investigadores encontraram o corpo do proprietário, David Carter, na escada em um estado quase esqueletizado" depois de permanecer descoberto por até quatro anos.

Carter deixou seu emprego como um guarda municipal da Cidade de Milwaukee em 2007, dizendo aos colegas de trabalho que planejava se mudar para o Novo México. Em vez disso, parece que Carter se suicidou. Ele foi encontrado com um ferimento de bala na cabeça e uma arma em seu peito no dia em que ele completaria 45 anos.

7. O IDOSO - ENCONTRADO 15 ANOS DEPOIS DA MORTE
O esqueleto de um homem, vestindo pijamas, foi encontrado (acredita-se) mais de 15 anos depois de sua morte em uma casa abandonada. Descoberto na cidade de Lille, a polícia francesa está tentando identificar o corpo, que julga-se pertencer ao proprietário idosos do imóvel.

O homem vivia sozinho e parecia não ter nenhum parente. As autoridades encontraram muito pó na casa, que estava fechada desde 1996. O idoso era de origem espanhola, e nasceu em 1921, de acordo com os documentos.

8. O ALEMÃO - DESCOBERTO 7 ANOS DEPOIS DA MORTE
Em 2007, o cadáver de um homem de origem alemã foi descoberto sozinho na cama, supostamente quase sete anos depois de sua morte. A polícia da cidade de Essen disse que o homem tinha 59 anos de idade quando morreu, inferindo que ele falecera em algum momento perto da virada do século. 30 de novembro de 2000 é a data que se supõe para a morte do senhor, que era solteiro e desempregado quando morreu. A polícia acredita que ele morreu de causas naturais.

AUTOR: SHOW DO MEDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE

Todos os comentários postados neste Blog passam por moderação. Por este critério, os comentários podem ser liberados, bloqueados ou excluídos. O MUNDO REAL 21 descartará automaticamente os textos recebidos que contenham ataques pessoais, difamação, calúnia, ameaça, discriminação e demais crimes previstos em lei. GUGU

VEJA TAMBÉM Plugin for WordPress, Blogger...

ME SIGA NO TWITTER!